Busque o que procura!

Acreditação rigorosa melhora cuidados de saúde e reduz danos

Acreditacao rigorosa melhora cuidados de saude e reduz danos

Os desafios que as organizações de saúde enfrentam Brasil são típicos de muitas organizações de saúde no mundo em desenvolvimento. Os hospitais públicos enfrentam desafios fornecendo cuidados de alta qualidade para a maior população, enquanto organizações privadas têm uma população de pacientes que se tornou cada vez mais bem informada e exigente de cuidados de saúde de alta qualidade. “A atual situação econômica brasileira também fez com que as organizações precisem ter muito cuidado com os seus investimentos neste momento e isto coloca restrições sobre novas aquisições de equipamentos e expansão das instalações no País”, diz Paul Chang, vice-presidente de Acreditação, Padrões e Medidas da JCI – Joint Commission International.

A seguir, confira a entrevista exclusiva de Paul Chang ao IBSP – Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

IBSP – Como se usa a acreditação para promover a melhoria da qualidade dos serviços hospitalares?
Paul Chang – O processo de acreditação da Joint Commission International está focado no paciente e na segurança. Os padrões foram desenvolvidos para envolver toda a organização em um processo de melhoria e manutenção da qualidade da assistência prestada. Ou seja, acreditamos que cumprir as normas ajuda a eliminar as variações, os erros e os desperdícios –levando à melhoria da qualidade.

IBSP – Qual é o principal impacto da acreditação hospitalar na qualidade dos cuidados?
Paul Chang – Acreditação em geral ajuda a fornecer um quadro para a prestação de cuidados de qualidade. A da JCI, em particular, centra-se no paciente e ajuda a criar e manter uma cultura de segurança do paciente, além de implementar processos para produzir resultados mensuráveis e repetíveis.

IBSP – A acreditação hospitalar tem a capacidade de gerar melhorias relacionadas ao processo de gestão?
Paul Chang – Uma das áreas onde vemos a maior quantidade de benefício organizacional de acreditação hospitalar é na área de gestão de processos, que inclui a melhoria destes processos. As normas de acreditação hospitalar da JCI cobrem muitas áreas da gestão hospitalar, incluindo a gestão e gerência da segurança do paciente, incluindo uso e administração de medicamentos, prevenção de infecções e controle e cuidado do paciente. E, para isso, a maioria das normas exige que as organizações criem novos processos, avaliem se o seu processo atual está funcionando bem ou façam melhorias para esses processos. Como resultado, muitas organizações fazem melhorias significativas em seus processos, que acabam fazendo parte dos processos após o recebimento da acreditação.

IBSP – Os pacientes e profissionais de saúde ficam mais satisfeitos em instituições acreditadas?
Paul Chang – A satisfação do paciente é medida pelas organizações de acreditação. Curiosamente, há relatos que comprovam que mais altos níveis de satisfação tanto por parte dos pacientes quanto por patê dos funcionários quando a instituição de saúde é credenciada da JCI.

IBSP – Como a acreditação hospitalar contribuir para o desenvolvimento dos profissionais de saúde?
Paul Chang – O processo de acreditação fornece as diretrizes e a estrutura para ajudar a facilitar a prestação de cuidados de alta qualidade. Toda a equipe está envolvida no processo e ganha experiência e conhecimento ao adotar práticas de alta qualidade nos cuidados de saúde.

IBSP – O que diferencia a JCI?
Paul Chang – A JCI é a líder mundial em acreditação da qualidade dos cuidados de saúde, autora e avaliadora dos mais rigorosos padrões internacionais de qualidade e segurança do paciente.

A acreditação da JCI conquistou a posição de maior organismo de acreditação internacional (802 organizações acreditadas – dado de 1º de Junho de 2016) com a maior abrangência internacional (62 países), fornecendo o processo mais robusto e aprofundado de acreditação, mantendo sempre o foco no paciente. Isto é ainda validado com o maior número de certificações ISQua de qualquer acreditador de cuidados de saúde.

O rigor do processo de acreditação da JCI é intencional e é um dos grandes diferenciais, pois o processo inclui a maioria dos elementos mensuráveis e os standards, estes desenvolvidos por profissionais de saúde com foco paciente, incorporando a segurança como princípio organizador de nossos padrões hospitalares.

O processo de pesquisa JCI inclui três diferentes metodologias de pesquisa (pesquisa, entrevista com equipe e pacientes, e análise de documentos). Os padrões são revistos a cada três anos, ajudando a garantir que os padrões sejam atualizados para uma melhoria contínua do processo.

IBSP – Nos Estados Unidos, quais são os desafios para acreditação hospitalar?
Paul Chang – As organizações de saúde nos Estados Unidos enfrentam desafios semelhantes às de todo o mundo. A acreditação é um processo rigoroso que envolve muita atenção e esforço. O rigor é necessário para ajudar a garantir a segurança e entrega consistente de cuidados de alta qualidade. As organizações de saúde nos EUA têm de cumprir regulamentos e normas de muitas fontes diferentes e isso se torna um desafio.

IBSP – Como a JCI melhorar a segurança do paciente internacionalmente?
Paul Chang – A JCI publicou normas de acreditação contínuas para as organizações de saúde. Assim, temos padrões para hospitais, ambulatórios, como clínicas, laboratórios, instituições de cuidados primários, serviços de cuidados de longo prazo, como lares de idosos e centros de reabilitação, organizações de cuidados domiciliários e organizações de transporte médico.

O primeiro capítulo em todos os padrões de acreditação da JCI é “Metas Internacionais de Segurança do Paciente”, na qual a JCI mostra como as seis metas de segurança do paciente internacionais podem ajudar para reduzir o risco de dano ao paciente nessas áreas que incluem a identificação do paciente, a comunicação de informações de cuidados intensivos, cirurgia segura, redução de queda e higiene das mãos. À medida que mais e mais organizações ao redor do mundo têm feito esforços no sentido de compreender os padrões de acreditação da JCI e alcançar a acreditação da JCI, temos, portanto, visto melhorias na segurança do paciente globalmente.

IBSP – Qual é o papel da JCI antes, durante e depois do processo de acreditação?
Paul Chang – Além dos serviços de acreditação, a JCI também oferece outros serviços e produtos que ajudam as organizações a melhorar a qualidade e a segurança dos cuidados, tais como a educação, a formação, publicações e serviços de consultoria. Antes da avaliação de acreditação, muitas organizações participam do “Estágio JCI”, que atua na melhoria da qualidade e segurança do paciente, que é um evento educacional que permite que as organizações compreendam melhor as normas de acreditação hospitalar da JCI e o processo de pesquisa. A JCI também fornece serviços de consultoria de preparação credenciamento para organizações que estão se preparando de forma mais intensiva para a avaliação de acreditação JCI.

Compartilhe

Curta

Parceria

medico consulta com br