Busque o que procura!

Propor novas perspectivas é papel da enfermagem na comunicação com o paciente

Propor novas perspectivas e papel da enfermagem na comunicacao com o paciente

A enfermagem fica 24h ao lado do paciente. Durante este tempo, ela percebe os sinais que a pessoa emite, trazendo à equipe multiprofissional o que não é falado, mas observado em todo o cuidado e que pode agregar à qualidade da assistência.

“A enfermagem é o olho e ouvido e tato dos profissionais, pois é ela quem está ao lado do paciente durante todo o tempo, é ela que o toca, quem compartilha os momentos e conversas mais periódicas com a família”, diz Maria Júlia Paes da Silva, enfermeira e Professora Titular aposentada da Escola de Enfermagem da USP, com livre-docência em comunicação interpessoal.

A comunicação é a base de tudo, mas não se trata apenas das palavras, pois grande parte dessa interação é não-verbal. “É tudo que envolve gestos, expressões faciais, distância que se mantêm das pessoas, os silêncios. É a linguagem corporal aliada às interferências do meio ambiente. Tudo isso qualifica as relações, sendo a base do atendimento de qualidade”, complementa Maria Júlia.

 

Compartilhe

Curta

Parceria

medico consulta com br